Terapias

Luz como medicamento? Cientistas começam a ceder às evidências

Em modelos animais, os primeiros sintomas semelhantes à esclerose múltipla humana foram tratados com sucesso com exposição à luz na faixa do infravermelho 

A esclerose múltipla é uma doença neurológica crônica que destrói a mielina, uma camada que isola as fibras do sistema nervoso central, causando sintomas como visão embaçada, perda de equilíbrio e paralisia. E que tal se uma doença dessa gravidade pudesse ser curada apenas com luz? Essa é a possibilidade levantada pela equipe da Dra. Jeri-Anne Lyons, da Universidade de Wisconsin (EUA).

Leia mais...